Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Armazem: O BubbleSort

por fd, em 23.09.08
Está disponível no Armazém, um projecto em BlueJ que permite a criação de um vector de 80 casas, atribuição automática de valores e implementação do algoritmo Bubble Sort para a ordenação do mesmo.

Em breve, irei explicar o funcionamento do algoritmo.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:58


Google Chrome : Impressões

por fd, em 17.09.08
A gigante Google, decidiu criar o seu próprio browser, para isso recorreu ao motor "WebKit", também usado pelo browser da Apple, o Safari para fazer o rendering das páginas.
Em termos de funcionalidades, nota-se que a maioria das mesmas foi copiada de outros browsers como o Internet Explorer 8 (O link principal da página sobressai na barra de endereços), do Safari (As animações das tabs, criar uma janela nova arrastando uma tab para fora da barra, a criação de webapps) e do Firefox (quase tudo o resto!).


A Polémica

Logo após o lançamento, surgiu uma Polémica, um dos parágrafos da EULA (vulgo licença), continha o seguinte parágrafo:
"By submitting, posting or displaying the content you give Google a perpetual, irrevocable, worldwide, royalty-free, and non-exclusive license to reproduce, adapt, modify, translate, publish, publicly perform, publicly display and distribute any content which you submit, post or display on or through, the services. This license is for the sole purpose of enabling Google to display, distribute and promote the services and may be revoked for certain services as defined in the additional terms of those services." .

Felizmente, a Google afirmou que este parágrafo foi introduzido por lapso, pois esta empresa tem o costume de usar as EULAS de uns produtos noutros, e não tinha reparado.

O Impacto
Após ter sido lançado, este browser conseguiu rapidamente atingir uma quota de mercado de quase 3% (2.846%), o que corresponde aproximadamente ao dobro do Market Share do Opera (1.617%) e a metade do Safari (3.474%), um valor excelente para começar!

Na minha opinião, este grande impacto, deve-se ao facto de o Google publicitar este browser na página inicial do motor de busca, aquela que nós vamos todos os dias.

No entanto, recentemente a adopção deste browser começou a abrandar.
O Desempenho
A Google decidiu implementar uma nova política relativamente aos processos do browser, cada tab aberta cria um novo processo, isto tem as suas vantagens, pois cada vez que uma tab é fechada, o espaço da memória ocupado pela mesma é limpo, e como cada tab é independente das outras, caso uma bloqueie as outras não vão atrás.
No entanto, pelo menos até agora, não foram verificados ganhos relevantes no desempenho com esta técnica.
Testes Acid
A rendering engine usada pelo Chrome, Webkit, foi a primeira a atingir a marca de 100, neste teste, que comprova a capacidade de um browser de cumprir os standards actuais, ou seja muito em breve, este browser vai ser juntamente com o Safari, um dos melhores a cumprir standards, a mais próxima é a Presto utilizada pelo Opera, que atingiu a marca de 99/100.
Na actual versão, a marca atingida pelo Chrome é muito instável, mas ronda os 70 – 80, o que é bastante bom comparado com alguns dos seus concorrentes como o Internet Explorer 7 que atingiu a marca de 14/100, mas esta comparação pode ser algo injusta, pois este browser da Microsoft nem sequer conseguiu passar no Acid 2!

Conclusão Final


Este browser é bastante novo, e consequentemente, possui bastantes bugs, num dos meus computadores, ele apresenta bastante instabilidade, e quando abro uma nova tab, nota-se um slowdown, por vezes bastante grande.

Por isso, aconselho a esperar que seja lançada uma versão mais estável.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:20


Retro: o virus do casino

por fd, em 01.09.08
No final dos anos 80, a Bulgária era considerada por muitos como a capital dos Vírus Informáticos.

Apareceram vários vírus, como o Yankee Doodle, que irritava os utilizadores com uma versão esganiçada do musical com o mesmo nome, o Den Zuk que apenas alterava o nome do disco rígido para Y.C.i.E.R.P e o Jerusalem que fazia amaeças que os dados iriam ser apagados, mas tais eram falsas. Todos estes vírus Bulgaros eram inofensivos, mas no dia 15 de Janeiro de 1991 isso haveria de mudar, quando os computadores de um dos principais bancos da ilha de Malta foram atacados por um vírus bastante destrutivo, o seu nome: Casino.

Este vírus, aquando da infecção, atacava o ficheiro COMMAND.COM do MS-Dos, para ficar residente na memória e assim infectar os outros ficheiros .COM, os ficheiros aumentavam naturalmente de tamanho, mas o vírus era capaz de esconder esse aumento, tornando assim bastante difícil ao utilizador verificar se o computador estava ou não infectado.

Quando o relógio do computador, marcava a data de 15 de Janeiro, 15 de Abril ou 15 de Agosto, o "Payload" era activado, o vírus, fazia uma cópia dos dados que estavam na FAT, para a memória RAM (memória volátil que é apagada cada vez que o computador é reiniciado), e danificava os da FAT, depois obrigava o utilizador a jogar um jogo de "Slot Machines", e em jogo estavam os seus preciosos dados,o aspecto do mesmo era este:

DISK DESTROYER - A SOUVENIR OF MALTA


I have just DESTROYED the fat on your disk !!


However, I have a copy in RAM, and I'm giving you a last chance to restore your precious data.


WARNING: IF YOU RESET NOW, ALL YOUR DATA WILL BE LOST FOREVER!!


Your data depends on a game of JACKPOT!



CASINO DE MALTE JACKPOT


[L] [?] [0]


Credits : 5



LLL : Your Disk


??? : My Phone No


ANY KEY TO PLAY



A probabilidade de obtenção dos 3L, e assim não perder os seus dados, era de 1 sobre 27 possíveis.

Caso o utilizador conseguisse os 3 L, aparecia a seguinte mensagem:
BASTARD! You're lucky this time - but for your own sake, now SWITCH OFF YOUR COMPUTER AND DON'T TURN IT ON TILL TOMORROW!

E desta forma, o utilizador ganhava o jogo e os dados eram recuperados.

Se o utilizador perdesse (não conseguiu obter uma sequencia de 3 valores iguais), perdia todos os dados, e mostrava a seguinte mensagem:
HA HA!! You Asshole! You've Lost Say Bye to your balls!

Mas, se conseguisse ter os 3 ?, o vírus em vez de dar o número telefone, para além de fazer com que o utilizador perdesse todos os dados, ainda mostrava uma mensagem obscena:
My fuckin' chance, and I'm punishing you for trying to trace me down!

HA HA!! You Asshole, you've lost say bye to your balls!

Não se sabe ao certo quem foi o autor deste vírus, mas uma das pessoas que reivindicou a autoria de muitos dos vírus Bulgaros, foi uma hacker que se autodenominava por "O Vingador das Trevas", ainda hoje não se sabe quem é a pessoa que se escondeu por trás deste nome...

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

publicado às 17:08


Mais sobre mim


Pesquisar

Pesquisar no Blog

Arquivo

  1. 2013
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2012
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2011
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2010
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2009
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2008
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2007
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D

subscrever feeds